9 de setembro de 2015

dama de honor stressada # 11

Criaturas em miniatura, estou em falta para convosco! Na realidade, ainda não vos dei uma palavra acerca do vestido, pois... estou a tentar recuperar do choque.
A verdade é essa.
Fui buscá-lo a casa da Rita, sexta-feira à noite, atulhada de expectativas até às orelhas, no mínimo!
Abri a caixa de cartão e, de dentro de um saco de plástico, comecei a tirar um ror de vestido que nunca mais acabava. Aliás, estão a ver aqueles ilusionistas do circo que começam a tirar cenas da cartola e, quando vamos a ver, já cá cantam 5 metros de lenços coloridos?
Foi mais ou menos isso.
A porra do vestido não havia meio de terminar.
Aquilo era mais tecido que eu sei lá! Dava para fazer um enxoval inteiro para três gerações de uma família numerosa!
Até o tecido terminar levou uma eternidade (ok, estou a exagerar um bocadinho...) e, no final das contas, o que saiu da caixa foi, mais ou menos, uma espécie de saia compridérrima, com um elástico à cintura e duas faixas de tecido que estavam cosidas à bendita saia.
Eu sei que custa imenso acreditar nisto, mas é a mais pura das verdades.
O tecido é stretch  e a cor é, de facto, roxa-grape-linda!
O problema foi tentar usar ambas as faixas para fazer dali um vestido convertível.
Foi hercúleo, sim senhor.
Fizemos uma ginástica e tanto para conseguir enrolar pano-e-mais-pano à volta dos nossos lindos corpinhos danone (saldo seja...).
A parte da frente do vestido assentava como uma luva; agora, a parte de trás, digo-vos, foi um berbicacho!
Aquilo saía do sítio várias vezes e sobrava sempre muito pano (por que será?)!
Ainda ficámos, à vontade, uma hora de volta da m£rd@ das faixas!
Aquilo eram faixas para a frente, faixas para o lado, faixas para trás, faixas para todo o lado!
Decisão: tentar levar o vestido a uma costureira para coser as faixas e optar só por um modelo de vestido. Deixará, portanto, de ser convertível, mas, pelo menos, as faixas não vão sair do sítio e, melhor, não vamos perder meia-dúzia de horas a enrolarmo-nos da cabeça aos pés!
Vamos lá ver o resultado final!

Sem comentários:

Enviar um comentário